Portal da Cidade Registro

Diversidade

Diversidade é o grande tema da 5ª Semana Senac de Leitura Digital

Evento on-line com foco no poder transformador da leitura acontece de 13 a 17, explorando assuntos como diversidade de gênero, inclusão e minorias

Postado em 17/10/2020 às 15:08 |

Divulgada neste ano, a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, do Instituto Pró Livro e do Itaú Cultural, aponta que apenas 52% dos brasileiros são considerados leitores, ou seja, leram ao menos um livro nos últimos três meses. Com propósito de incrementar este número, o Senac São Paulo traz a 5ª Semana Senac de Leitura, que acontece entre os dias 13 e 17 de outubro de forma totalmente digital pelo seu canal do YouTube, no Microsoft Teams e redes sociais de algumas unidades. A programação é gratuita e segue a temática Diversidade: muitas formas de ler e aprender o mundo.  

Para o Senac São Paulo, assim como não existem barreiras para desenvolver novas habilidades profissionais que possam impulsionar um futuro mais próspero, a leitura é um bem precioso e transformador que pode estar presenteem qualquer fase da vida, e de múltiplas maneiras. Por isso, como forma de levar e incentivar a leitura para todos com temas atuais, este ano, o evento será on-line e contará com palestras e bate-papos relacionados a grupos minorizados, relações étnico-raciais, produções periféricas, representatividade, acessibilidade e biblioterapia. Na programação, diversas ações paralelas, com destaque para a produção de conteúdo acessívelnas redes sociais das unidades da instituição, com debates, saraus, contação de histórias, oficina de escrita e clube de leitura.  

Segundo a coordenadora da Semana Senac de Leitura, Cristiane Camizão Rokicki, o cenário atual reforça a importância do evento que visa estimular a prática da leitura, assim como elucidar questões relevantes para a sociedade em geral. “Desde sua criação, pensamos em realizar uma atividade capaz de abordar temas complexos e necessários com o maior número de pessoas, por isso, nada melhor do que uma conversa sobre diversidade na edição de 2020”, explica Cristiane. 

Para participar não há necessidade de inscrição prévia, apenas acesso à internet e interesse em leitura e diversidade, seja para fins pessoais ou profissionais. A divisão dos temas centrais é dada de acordo com cada dia do evento: sendo diversidade de gênero, inclusão, minorias, direitos humanos e saúde emocional, respectivamente. Consulte a programação em www.sp.senac.br/semanadeleitura. 

Destaques da Programação:

Tema central: Diversidade de gênero 

Atividade: Literatura e diversidade: o que precisamos aprender 

No dia 13/10, das 19h às 20h30 com transmissão pelo YouTube do Senac São Paulo, a conversa será encabeçada por Thila Pedrozo Lima, socióloga e pesquisadora de educação inclusiva, do Senac Lapa Tito, que recebe um grupo envolvido com as questões da representatividade LGBTQIA+ para exaltar importância da literatura no debate sobre a diversidade. Entre os participantes estão Lino (André Felipe Lino de Jesus), escritor que usa a arte drag para contar suas histórias, Yuri Rebouças, cuja escrita evoca a pluralidade do universo LGBTQIA+, e Bielo Pereira, que trata de racismo e gênero e levanta boas notícias e ações durante a pandemia no canal no GNTe Cristiane Paulani, docente da unidade de Santo André. Graduanda em Letras pela FASB e graduada em Pedagogia pela Faculdade Anchieta. Coordena o projeto de acessibilidade à leitura e interpretação de textos Academia Magia da Leitura, vinculado à Associação BSGI. 

Tema central: Inclusão

Atividade: Deficiência visual: muitas formas de ler o mundo

No dia 14/10, das 15h às 16h30, com transmissão pelo YouTube do Senac São Paulo, o docente Paulo Venâncio, da unidade Tatuapé, será o mediador da transmissão que aborda a escrita e a leitura sob a perspectiva da pessoa cega. Victor Caparica, um dos convidados, expõe sua vivência no universo da audiodescrição e como consultor-validador de roteiros, enquanto Marielle Falvo compartilha sua experiência com as tecnologias assistivas e sobre como galgou sua autonomia diante dos desafios da aprendizagem. Já Izete Malaquias, bibliotecária da unidade Aclimação e pesquisadora de soluções para a inclusão em ambientes de estudo, apontará caminhos para tornar as bibliotecas locais mais inclusivos, fazendo uso dos recursos tecnológicos.

Tema central: Minorias

Atividade: Mulher: leitura do mundo e seus desafios

No dia 15/10, das 15h às 16h30, Aurora Seles, docente do Senac Lapa Scipião, mediará esta transmissão com um grupo de mulheres que, tendo como pano de fundo a palavra, debaterão suas dificuldades e conquistas. Lígia Santos de Oliveira passeia por suas pesquisas que envolvem memória, identidade e os percalços vividos pela mulher negra, ao passo que a psicóloga Eunice Porto faz um contraponto entre as relações raciais e a interação com a saúde da mulher sob a óptica da leitura feminina. Aelita Graziela Gomes Madureira conta como a escrita e a leitura podem ser fortes aliadas em situações de sofrimento e dor. Transmissão no Youtube do Senac São Paulo.Isabela Cristina do Nascimento, graduada em Letras - português/espanhol e mestre em Estudos Literários, com foco na ficção brasileira contemporânea, pela Unesp. É professora de Redação e Língua Portuguesa, e possui um canal de resenhas literárias no YouTube e um perfil literário no Instagram, chamado Livro, Leve, Resenha.

Tema central: Direitos Humanos

Atividade: Literatura periférica: entre a realidade, a sala de aula e o vestibular

A literatura periférica passou a ser exigida nos principais vestibulares do país. Quais são os impactos desses textos nas reflexões sobre cultura, juventude e visões de mundo? A partir dos escritos de Carolina Maria de Jesus e Racionais MC’s, entre outros, o mediador Heitor Botan conduzirá um bate-papo no dia 16/10, das 15h às 16h30,transmitido pelo Youtube do Senac São Paulo. Como convidados estão Anna Magalhães, que trará provocações sobre como unir artes visuais e escrita, Carol Leocadio, Vitor Moreira e Yuri Cardozo,respectivamente, professores e aluno do Ensino Médio Técnico do Senac.

Tema central: saúde emocional

Atividade: Qual a importância da leitura na saúde emocional?

No último dia do evento, 17/10, das 11h às 12h30, com transmissão pelo YouTube do Senac São Paulo, Aurora Seles, docente da Instituição, pretende fazer da biblioterapia um caminho para a saúde emocional. Nessa missão, conta com Cristiane Camizão Rokicki, coordenadora da Semana Senac de Leitura, Sandra Assis Moura, bibliotecária que se dedica a projetos ligados à biblioterapia, o pesquisador e professor Gustavo Alves de Andrade, que irá expor como a educação, a leitura e novas experiências favorecem as conexões neuronais e, consequentemente, a saúde cerebral e a qualidade de vida, e André Pereira, professor, que traz sua experiência em projetos ligados à orientação educacional para situações desafiadoras: diversidade, fenômenos sociais, convivência e outros temas atuais.

Unidades

Atividade: Oficina de escrita criativa

No dia 13/10, das 17h às 18h, na unidade Araçatuba, o docente Heitor Gomes de Andrade, apresentará técnicas de escrita criativa para colocar no papel as histórias da vivência pessoal de cada participante. A ficção será o ponto de partida para reinventar e reaprender sobre o mundo e a sua diversidade. Transmissão pelo MS Teams.

Atividade: SarauVer

Das 10h30 às 11h30 do dia 15/10, um sarau virtual do Senac São Miguel Paulista reúne poética e artes cênicas na visão dos alunos do curso técnico em Teatro da unidade, do período da manhã. Eles irão apresentar textos, vídeos e experimentos virtuais realizados a partir de temas como minorias, direitos das mulheres, memória e ancestralidade. Transmissão pelo MS Teams.

Atividade: Diversidade na gastronomia brasileira

Também no dia 15/10, das 11h30 às 13h, com transmissão também pelo MS Teams, a unidade Penha reúne Raul Lody, pensador da comida e da alimentação, antropólogo e escritor, e Jorge da Hora, cozinheiro pela Escola Senac Pelourinho, tecnólogo em hotelaria, praticante do candomblé e professor de gastronomia do Centro Universitário Senac, para compartilhar suas experiências sobre a regionalização dos alimentos, processo de pesquisa, registro e memória da culinária brasileira. A mediação é de Fernando Estima, bacharel em Comunicação Social, pós-graduado em Planejamento e Marketing Turístico e mestre em Hospitalidade.

Atividade: A poesia e a diversidade em Anne with an E

Um rico diálogo sobre os temas debatidos na série Anne With an E, da Netflix, como bullying, feminismo, racismo, homofobia e desigualdade, com o contraponto de seu reflexo nos livros. São duas palestrantes: Lais Andrade Cenbrome, atriz, artista visual, contadora de histórias e especialista em Gestão da Comunicação Integrada pelo Senac Lapa Scipião, e Goimar Dantas, jornalista, roteirista, escritora, mestra em Comunicação e Letras e autora de livros de diversos gêneros. Dia 16/10, das 18h às 19h, na unidade Lapa Tito, com transmissão pelo MS Teams.

A programação completa da Semana Senac de Leitura Digital (institucional e unidades) pode ser conferida em: www.sp.senac.br/semanadeleitura. 


Fonte:

Receba as notícias de Registro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário