Portal da Cidade Registro

Projeto Cultural

Iguape inicia processo para criação de Fábrica de Cultura no município

Representantes da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo para vistoriar áreas e prédios públicos

Postado em 11/01/2021 às 16:00

No último dia 7, o Coordenador de Formação Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Dennis Alexandre, e do engenheiro do Grupo de Projetos e Acompanhamento de Obras da mesma secretaria, Celso Nomoto, fizeram uma visita técnica para vistoriar áreas e prédios sugeridos pela Prefeitura Municipal, visando a instalação de uma Fábrica de Cultura em Iguape, conforme anunciado pelo Governo do Estado, a par de uma Escola Técnica em Registro.

Mesclando cursos regulares, atividades frequentes, exibições, shows e espetáculos, as Fábricas de Cultura oferecem programações variadas em diferentes modalidades, como dança (contemporânea, street dance e balé), teatro, música (violino, viola, violão, violoncelo etc), circo e malabares, artes visuais, literatura e multimeios. 

Os cursos de formação oferecidos têm como objetivo capacitar jovens. "É um projeto inovador e transformador, que visa oferecer a milhares de jovens uma formação de alto nível para trabalhar num dos setores que mais crescem e mais geram renda e emprego no mundo, que é a economia criativa", segundo o Secretário de Cultura e Economia Criativa de São Paulo, Sérgio Sá Leitão. "Além disso, a Fábrica é um espaço de acolhimento, de colaboração e de lazer."

Mais recentemente, as unidades existentes estão incorporando projeto educacional dedicado à inovação e à tecnologia, ademais da arte. Assim que entre os cursos oferecidos encontram-se: Construindo e Programando Drones; Desenvolvimento e Design de Games; Cultura Maker; Iniciação à Robótica 4.0; Roteiro para Games; Programação de Games e Apps; Iniciação ao Universo Game; Programação e Design de Games, e outros mais. 

São Paulo conta no momento com doze Fábricas de Cultura, duas fora da capital. Projeto, edificação, custeio e gestão são de responsabilidade do Governo do Estado. A unidade prevista para Iguape, no contexto do Programa Vale do Futuro, terá caráter regional.

Fonte:

Receba as notícias de Registro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário