Portal da Cidade Registro

Eleições 2018

Jornalista analisa cenário político no Vale do Ribeira pós primeiro turno

Sueli Corrêa estreia sua coluna falando sobre o cenário político pós primeiro turno e os então candidatos referenciais na Região

Postado em 10/10/2018 às 17:45 |

- Nas urnas de 2018, o deputado Samuel Moreira (PSDB) perdeu metade dos votos que teve em sua primeira eleição para a Câmara Federal. Em 22 cidades do médio Vale do Ribeira,Alto Vale e a ponta do Litoral Sul, onde ganhou de lavada em 2014, ele obteve 34.846 votos, contra 69.980 obtidos nas urnas de 2014.

- Sem a cesta de votos do Vale, Samuel caiu da nona posição (227.610 votos), entre os deputados eleitos por São Paulo há quatro anos, para a 38ª colocação no ranking paulista de 2018.

-  Valmir Beber, o candidato de Bolsonaro no Vale, obteve 18.846 votos nessas cidades, perdendo para o filho do capitão, Eduardo Bolsonaro, que teve destaque em todas as cidades da região.

- Rosana Valle mostrou que a força da televisão é imbatível. Não se viu um santinho ou uma bandeirola da candidata, que obteve 106 mil votos e foi a 37ª mais votada.

- Presidente da Câmara Municipal de Registro, Marcelo Comeron concentrou campanha para deputado estadual na cidade em que quer ser prefeito. Teve 5 mil votos, num universo de 46 mil eleitores.

- Carolina Funari, de Iguape, que também postulava uma vaga na Assembleia Legislativa, não teve apoio de seu partido e finalizou a campanha com pouco mais de dois mil votos.

- Tendo como mote “Vote Regional”, a candidata não teve apoio do PSDB, conhecido e reconhecido como um partido machista. O prefeito Wilson Almeida Lima, por exemplo, apoiou o candidato ungido pelo deputado Samuel Moreira, o Gonzaga, cujos votos estão anulados pela Justiça Eleitoral.

- Segunda colocada nas eleições municipais para prefeito em Registro, Ana Paula Takiute teve uma atitude ousada ao apoiar dois candidatos que não da região, mas que assumiram com ela o compromisso em representar Registro: Thiago Auricchio, deputado estadual, e Alex Manente, federal.  Os dois foram eleitos.

- As eleições deste mostraram  a importância das redes sociais na busca de votos. Entre deputados federais eleitos por São Paulo estão dois fenômenos da internet – Tabata Amaral (PDT) e Samia Bomfim (PSOL), respectivamente 6ª e 8ª mais votadas.

- Tabata, aliás, tem uma trajetória de fazer inveja a muitos jovens: filha de diarista e cobrador de ônibus, moradora da periferia da capital, por mérito ela chegou a Harvard, a melhor universidade das Américas, onde se formou em astrofísica e ciências políticas. Voltou ao Brasil para defender a bandeira da Educação.

- Fenômenos nas urnas paulistas, com dois milhões de votos – a maior votação da história do país -, Janaína Pachoal assegurou que deixa de apoiar Bolsonaro se ele for eleito e levar para o Planalto o viés autoritário de seus discursos.

-Janaína disse que, se Bolsonaro for eleito, recursará assumir um Ministério. “Se eu fui eleita para ser deputada, eu tenho que cumprir meu mandato de deputada”, afirma.

- Resumo da ópera: para bons entendedores, as urnas de 2018 trazem muitas e significativas lições.


Fonte:

Deixe seu comentário