Portal da Cidade Registro

Ponto de Vista

Quem não foi criança? Quem são as crianças!

Como não se envolver com um mês onde tudo representa nossas crianças

Postado em 10/10/2019 às 15:51 |

Como não se envolver com um mês onde tudo representa nossas crianças. Elas e as expectativas criadas pelo momento, a data, que ao mesmo tempo faz adultos e crianças se aproximarem e se aconchegarem com toques, olhares e amor, “Dia das Crianças”, mesmo sabendo que são todos os dias desde o nascimento até 11 anos e 6 meses, como esta no ECA(Estatuto da criança e do Adolescente) 

Sonhos e expectativas estão no ar...sobre o que vão ganhar?

Para celebrar essa data com todos os aspectos que a enlaça, precisamos fazer deste momento sempre um dia especial, prefiro marcar essa data em minha vida como Dia do filho ou filha, pois criar símbolos, momentos e valorizar o estar juntos faz com que meus filhos possam sempre lembrar o quanto são importantes e que há vida existe antes deles e que a partir de cada nascimento reescrevemos uma nova história. Criar memórias afetivas significativas para ter crianças saudáveis, sentindo se amadas e amando, construindo em si bases seguras para viver e lidar com os desafios existentes, é o que faz essa data ser sempre especial. 

Brincadeiras, oficinas, meditação, cantar, dançar ou descansar juntos faz desses momentos serem inesquecíveis trazendo a memória afetiva e experiências leves, porém fortes á infância.

Não podemos só enxergar pequenos corpos nas crianças , mais sim todo um ser em formação que passa por experiência infantil, mas já uma pessoa que merece respeito e compreensão. Assim estaremos aprendendo junto com eles a valorizar o tempo presente, porém criando jeitos para que cada criança possa sentir-se valorizada em seu ser, estar, sentir e fazer no mundo.

Que nós adultos possamos criar momentos afetivos com nossos pequenos e estender a todos da família, aproveitando o momento para construir , aprender e amar, além da data e sim para eternizar em nós e nas crianças que fazem parte do nosso círculo, uma experiência única e singular pois cada um tem seu jeito de marcar o outro e assim marcar a si com as respostas além das palavras, mais com gestos e ações.

Tudo é comunicação, sempre há diversas possibilidades de dizer ao outro o quanto ele e importante, além da escolha do presente, nesse sentido aumente as intenções e realizações o fruto inicial e a intenção de ver em cada rosto a expressão de felicidade e amor, mais o processo e a hora de valorizar o percurso e não só o resultado final.

Que o jeito de dizer eu te amo possa se ampliar e não seja em uma única direção, de entregar o tão desejado presente, abraçar e depois a criança sai a brincar e nos adultos voltamos a nossa rotina.

Que a surpresa seja tirada de gestos simples que nutre o amor e que fortalece para os desafios, cada um traz dentro de si jeitos de ser criança, que a comunicação seja ampliada pela surpresa tirada da memória afetiva, momentos simples porem valorosos que os cheiros nesse dia faça parte da experiência ,lembrando que se buscarmos em nós os momentos bons, sempre há cheiros, cores, sabores em nossas memórias ...trazer esses recursos são ferramentas para estarmos partilhando momentos de aprendizado duplo e continuo.

 Na comunicação visual que esteja presente as colagens, cartões, poesias e as cartas de próprio punho, pois através das palavras possamos deixar escrito nossos mais lindos sentimentos.

Através do ouvir possamos trazer as canções que traduzem através de ritmos e melodia o estar juntos, dançar livremente e aumentar a conexão e a vontade de estar juntos ao mesmo tempo só.

Nesse sentido o dia da criança seja criado junto com a criança que o inesperado seja preparado de acordo com a criança, pois se o dia e dela tem que se criado por ela ...Respeitando o passado valorizando o presente criando o futuro.


Kelaine dos Santos, mulher,44 anos, esposa, mãe de 3 filhos, irmã, tia, cunhada sou entusiasta de boas ideias e práticas. Pedagoga, Psicopedagoga, Especialista em Deficiência Intelectual, professora em três escolas em Registro, (Escolas Estaduais Koki Kitajima, Alay Correia e Colégio Lantagi) brincante em eventos. Estar com pessoas e as conectarem entre si me faz ser melhor a cada dia, trocando experiências e aprendizagens desenvolvendo uma vontade de ser, sentir, fazer e estar no mundo de uma maneira simples porém com gratidão e paz


Fonte:

Deixe seu comentário