Portal da Cidade Registro

Balanço

PRF divulga balanço das apreensões em 2019

A PRF de Registro, que policia 162 km da Rodovia Régis Bittencourt, após incessante trabalho operacional, conseguiu retirar da rodovia R$ 46,07 mi

Postado em 06/01/2020 às 19:21 |

A Delegacia PRF de Registro, que tem como trecho sob responsabilidade grande parte da Rodovia Régis Bittencourt inserida na Região do Vale do Ribeira, entre os municípios de Juquiá e Barra do Turvo, apresenta os resultados operacionais de combate ao crime registrados durante o ano de 2019. Como destaque, temos as apreensões de mais de 1,1 Tonelada de Cocaína, 2,8 Toneladas de Maconha, 15 mil comprimidos de Ecstasy, R$ 2,6 milhão de reais em espécie, 28 armas de fogo e mais de 150 pessoas detidas por crimes diversos. Mais de R$ 46 milhões em apreensões.

Durante o ano de 2019, a Delegacia PRF de Registro, que policia 162 km da Rodovia Régis Bittencourt, após incessante trabalho operacional, conseguiu retirar da rodovia uma fortuna em bens e drogas apreendidos, R$ 46,07 milhões. Um grande prejuízo ao crime organizado. Abaixo estão os números das apreensões realizadas em 2019:

Maços de cigarro apreendidos - 2,1, milhões de maços avaliados em R$ 7,35 milhões;

Outros itens por Contrabando e Descaminho apreendidos - 2.067 itens - R$ 221 mil;

Pistolas de calibres 9mm e .40 (uso restrito) apreendidas - 26 unidades;

Revólveres apreendidos - 02 unidades;

Dólares em espécie apreendidos - US$ 260 mil;

Reais em espécie apreendidos - R$ 2.67 milhões;

Cocaína apreendida - 1,10 Tonelada avaliada em R$ 22,21 milhões;

Maconha apreendida - 2,85 Toneladas avaliadas em R$ 11,42 milhões;

Ecstasy apreendido - 15.826 comprimidos avaliados em R$ 791,2 mil;

Presos em flagrante/detidos por crimes diversos - 152 pessoas; e 

Veículos roubados/furtados recuperados - 38 veículos.

Devido aos resultados apresentados e à posição estratégica da Delegacia PRF de Registro, uma das portas de entrada da região sudeste do país, para 2020 serão alocados mais recursos humanos para a região do Vale do Ribeira, por determinação do Superintendente da PRF em São Paulo, alinhado com as diretrizes da Direção-Geral da PRF, que fica em Brasília. Em relação ao efetivo policial de 2019, haverá um incremento de 30%. Estes novos policiais são provenientes do último concurso da PRF, já passaram pelo curso de formação na Universidade PRF, obrigatória para novos policiais, e estão tomando posse e iniciando o trabalho operacional.


Fonte:

Deixe seu comentário