Portal da Cidade Registro

ELEIÇÕES 2020

Miracatu tem 3 candidatos que concorrem à prefeitura

Ao cargo de Vereador estão concorrendo 137 candidatos, nenhum concorre à reeleição

Postado em 19/10/2020 às 17:00 |

As eleições municipais de 2020 no Vale do Ribeira, no município de Miracatu, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), vai contar com três candidatos para prefeito e vice-prefeito este ano, sendo um a reeleição.

Para ocupar as vagas da Câmara Municipal estão concorrendo, 137 candidatos a vereador, nenhum à reeleição.


Candidatos


Concorrem à Prefeitura de Miracatu: 


- Ezigomar Pessoa (PSDB), pela coligação: O Trabalho Não Pode Parar (reeleição)


- Itamar Mendonça (PRTB)


- Vinícius do Iraque (PL), pela coligação: Projeto Forte, Mudança Certa Para Miracatu


Como candidatos a vice estão:


- Miquita (PSD), pela coligação: O Trabalho Não Pode Parar 


- Chico Oliveira (PRTB)


- Moyses (PSB), pela coligação: Projeto Forte, Mudança Certa Para Miracatu



Para acessar as informações completas sobre os candidatos de Miracatu, basta CLICAR AQUI


Para obter informações sobre candidatos de outras cidades, basta entrar no sítio do TSE, no endereço eletrônico:

http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/


Conhecendo um pouco de Miracatu


A denominação Miracatu, que na linguagem indígena significa “gente boa”, foi adotada em 1944, por ter desaparecido a “prainha” que originou o antigo nome, e também por existir, no norte do País, outra cidade com a mesma denominação.

A rizicultura, produção de arroz, era a base econômica da região quando, em 1914, foi inaugurada a Estrada de Ferro Sorocabana - ramal Santos- Juquiá. Até então, todo comércio era realizado por via fluvial, através de Iguape. Nessa época começaram a chegar grandes levas de imigrantes japoneses, que deram continuidade à rizicultura e iniciaram a bananicultura, colocando Miracatu entre os principais centros exportadores de banana.


Origens


O imigrante francês Pedro Laragnoit adquiriu as terras marginais do Rio São Lourenço, onde construiu uma barragem - o “tanque”- para movimentar o engenho de arroz ali montado. Iniciou as primeiras plantações e, mais tarde, a criação de gado. A fazenda passou a ser conhecida com o nome de Prainha, devido a uma pequena praia nele existente, onde os canoeiros paravam para descanso.

Com o progresso da Fazenda Prainha, outros fazendeiros chegaram à região, levando a família Laragnoit, auxiliada por José Antônio da Silva, João Mendes de Almeida e o Cônego Scipião Goulart Ferreira Junqueira, a fundar uma povoação, que teve início com a construção da capela de Nossa Senhora das Dores.

O Distrito de Prainha foi criado em 1.872, já a denominação de município recebeu em 1.938 e o nome de Miracatu em 1944, depois foi desmembrado de Iguape e constituído de 3 Distritos: Miracatu, Juquiá e Pedro de Toledo. 

Em 24 de dezembro de 1948, desmembra do Município de Miracatu os Distritos de Juquiá e Pedro de Toledo.  


Segundo dados do IBGE:


População estimada [2020] 19.643 pessoas  

População no último censo [2010]  20.592 pessoas  

Densidade demográfica [2010] 20,56 hab/km²   



Matérias Relacionadas:


Registro tem seis candidatos a prefeito e 256 candidatos a vereador


Dois candidatos brigam pelo Executivo em Cajati


Dois candidatos disputam a vaga de prefeito em Barra do Turvo


Sete Barras tem 3 candidatos a prefeito


Saiba quem são os 5 candidatos que concorrem à prefeitura de Ilha Comprida


ERRATA: O Portal da Cidade Registro errou ao divulgar a ilustração em que o prefeito Ezigomar Pessoa aparecia como sendo do partido (PSB), mas de fato o partido do candidato à reeleição e atual prefeito é o PSDB. Pedimos desculpas.

Fonte:

Receba as notícias de Registro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário