Portal da Cidade Registro

Política

Mandato do prefeito de Registro, Gilson Fantin, é cassado em votação unânime

Sessão extraordinária aconteceu na noite dessa quinta-feira (27) e contou com votação nominal. O vice, Nilton Hirota, assumirá o cargo

Postado em 27/06/2019 às 23:13 |

Votação unânime e histórica afasta prefeito de Registro (Foto: Divulgação )

Em sessão que teve a duração de mais de cinco horas, na noite desta quinta-feira (27), em votação unânime, os vereadores de Registro, cassaram o mandato do prefeito, Gilson Fantin. A votação foi fruto de uma CP aberta pelo vereador Vander Lopes. 

Durante a sessão os vereadores que compuseram a Comissão Processante falaram das dificuldades em julgar o caso e o momento que foi considerado difícil para todos, já que dos três integrantes da CP, dois são do mesmo partido do prefeito, o PSDB e o presidente da CP, foi apoiador da gestão e levou o prefeito ao segundo mandato. 

O advogado do prefeito também usou a Tribuna Livre para dizer que não havia provas suficientes para a condenação e com isso, os vereadores deveriam levar em conta na hora da votação o que foi desconsiderado por todos. 

Gilson foi acusado de cometer crimes de responsabilidade, em relação a fraudes na compra de uniformes escolares. De acordo com a votação, o prefeito cometeu duas infrações politico-administrativas, “Omitir-se ou negligenciar na defesa de bens, rendas, direitos ou interesses do Município sujeito à administração da Prefeitura; e Proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo.” 

O pedido de cassação foi protocolado em março deste ano, pelo vereador Vander Lopes (PSC), após o recebimento da cópia integral do Inquérito Policial e demais documentos da investigação da Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros da Polícia Federal, Ministério Público Federal e Controladoria Geral da União, que popularmente ficou conhecida como “Operação Prato Feito”, uma das fases da “Lava Jato”. Na época uma comissão processante foi aberta, para analisar o pedido. Na última terça-feira, a CP entregou o relatório que apontou a prática de infrações político-administrativas pelo prefeito de Registro.

Logo após, a votação, o presidente em exercício da Câmara, vereador Toon Adorno (MDB) assinou o Decreto de extinção do mandato do prefeito. O vice-prefeito Nilton Hirota (PSDB) assumirá a Prefeitura de Registro.

Com isso, o vice-prefeito, professor Nilton Hirota é o novo prefeito de Registro até as eleições de 2020. 

Saiba mais sobre a CP aqui 

Fonte:

Deixe seu comentário