Portal da Cidade Registro

Grito dos Excluídos

Centenas de pessoas protestam contra o Governo Bolsonaro no Vale do Ribeira

Temas centrais foram trazidos à reflexão por todos que deram seu recado e o seu "grito", como o desemprego, a fome, altos preços dos alimentos entre outros

Postado em 08/09/2021 às 12:54 |

Movimentos populares e sindicais como Marcha Mundial de Mulheres, MAB (Movimento dos Atingidos por Barragens), CONAQ (Coordenação Nacional de Articulação dos Quilombos), caciques e lideranças Guaranis, CUT- coordenação do Vale do Ribeira, Sindsaúde, Sindicato dos Hoteleiros, Pastorais Sociais da Igreja Católica, padres, religiosos, associações quilombolas, coletivos de professores, jovens, LGBTQI+, líderes caiçaras, lideranças comunitárias, profissionais liberais, vereadores, além de militantes e dirigentes do PSOL, PCdoB e do PT, de municípios como Registro, Eldorado, Iguape, Pariquera-Açú, Barra do Turvo e Cananeia, compuseram a diversidade nesta tarde na Praça Martim Afonso, no centro de Cananeia.

O ato foi aberto pelo padre Jorge Corsini que, à luz do evangelho, refletiu sobre o direito à vida em primeiro lugar. O presidente do PT de Registro, Jefferson Pecori, discursou e falou sobre a importância da luta Fora Bolsonaro e porque este governo, além de ameaçar a Democracia tirou a comida no prato, como expressão do direito ao trabalho, à renda e à Educação. O representante do PSOL, Prof. André Ribeiro, de Cananeia deu destaque ao direito dos povos originários à terra, a liderança da comunidade católica do bairro Ariri, senhor Quirino, destacou a importância de, como os cristãos, nunca aceitarmos as injustiças e desigualdades sociais e coordenador da macro região do PT, Raul Calazans encerrou o evento destacando a importância do impeachment do presidente já.

Temas centrais foram trazidos à reflexão por todos e todas que deram seu recado e o seu "grito", como o desemprego, a fome, a carestia, com o preços dos alimentos, do gás, e dos combustíveis, a falta de vacinas, o direito à terra pelos povos originários a negação da tese do marco temporal, assim como a ameaça a democracia.


Fonte:

Receba as notícias de Registro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias