Portal da Cidade Registro

Preservação

Escultura de onça-pintada é doada para reserva privada de Mata Atlântica

Obra de arte doada à reserva Legado das Águas foi arrematada em leilão beneficente que reverte arrecadações para projetos de conservação de onças-pintadas

Postado em 14/01/2020 às 08:20 |

Obra In Natura, do artista Maramgoní

Uma escultura de onça-pintada foi doada para o Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país mantido pela Votorantim S.A. A obra foi adquirida por José Roberto de Moraes Filho e Paulo Macedo em leilão no final de 2019, foi doada à reserva. 

A obra faz parte de uma das 90 peças da maior intervenção urbana já realizada na capital paulista, a Jaguar Parade que aconteceu entre os meses de agosto e novembro em São Paulo capital, é um evento de arte urbana que reúne esculturas em tamanho real de onças-pintadas personalizadas por grandes artistas nacionais e internacionais

Ao todo foram 90 esculturas expostas em diversos pontos de São Paulo com objetivo de chamar a atenção para preservação da espécie e seu ecossistema. O evento encerrou com um leilão beneficente onde 50% do valor arrecadado foi destinado a entidades originalmente brasileiras com foco na preservação da onça-pintada, como o Onçafari, SOS Pantanal e a Ampara Animal.

A peça In Natura que foi doada ao Legado das Águas é do artista Maramgoní que, segundo ele, representa o animal em seu habitat, como o nome sugere. Em um dos lados da peça, a pintura retrata o animal na mata com olhar cativante e esperançoso, observando o mundo a sua volta. “Ela está representada como tem que ser, na sua melhor performance e em seu habitat"

A onça-pintada (Panthera onca) é símbolo da fauna brasileira e está ameaçada de extinção e é considerada como “vulnerável” pelo Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção (ICMBio, 2018). Na Mata Atlântica a situação é mais crítica, pois estima-se que restem menos de 300 onças na natureza.

O Legado das Águas desenvolve, desde 2014, um projeto para o monitoramento, estudo e conservação de grandes felinos ameaçados de extinção na Mata Atlântica, considerados essenciais ao equilíbrio da cadeia alimentar e indicadores da diversidade e qualidade ambiental.

Fonte:

Receba as notícias de Registro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário