Portal da Cidade Registro

Vitória

Comissão da Câmara de Saúde da Câmara garante atendimento a portadores de HIV

Até março o atendimento continuará no CAR (Registro) pela especialista e em abril e maio será feito no Hospital em Pariquera em um processo de transição

Postado em 16/02/2020 às 11:00 |

Comissão intersetorial se reuniu na Câmara Municipal (Foto: Câmara Municipal de Registro )

A Comissão de Saúde da Câmara de Registro reuniu autoridades e recebeu a garantia da continuidade do atendimento dos pacientes portadores de HIV positivo (AIDS) em Registro e Região. São 130 pessoas diagnosticadas com o HIV em Registro e, cerca de 700 pessoas na região do Vale do Ribeira. 

A audiência pública aconteceu no dia 13 e foi proposta pela vereadora Sandra Kennedy, relatora da Comissão de Saúde, e contou com a participação também do vereador Primo, secretário da Comissão, além dos profissionais Saúde, Gestores Estadual e Municipal, Pastoral da Criança, Conselho Municipal de Saúde, Hospital São João e a médica infectologista do CAR, Dra. Sandramara Cardozo Allonso.

RESULTADO - até o final de março o atendimento continuará no CAR (Registro) pela especialista Dra. Sandramara Cardozo Allonso e, em abril e maio será feito no Hospital Leopoldo Bevilácqua, em Pariquera Açú, pela atual médica especialista (que irá se aposentar) em conjunto com um novo profissional médico que será contratado. E, a partir de então, o novo médico e equipe seguirão o atendimento com acompanhamento direto da coordenação estadual do Programa de DST/AIDS, do CRT, garantindo a qualidade na especificidade do atendimento desta população. Esta informação foi trazida pela interlocutora regional do Programa de DST/AIDS, Maria Cecília Rossi de Almeida e pela médica sanitarista do Programa Estadual, Maria Clara Gianna. 

Em médio prazo, os pacientes de Registro poderão voltar a ser atendidos no município, através de num novo serviço de saúde que a Secretaria Municipal deve implantar. Segundo a diretora de Diretoria de Vigilância em Saúde, Cintia Zilda de Almeida Barros, presente na audiência está sendo estudada a implantação de um Serviço de Assistência Especializada (SAE) para prestar atendimento exclusivo a pacientes portadores do HIV/Aids em Registro.

Portanto, garantiu-se o compromisso da continuidade do atendimento especializado e de uma transição qualificada dos atuais profissionais para os novos profissionais que atenderão os pacientes de HIV, Tuberculose (resistentes), Leishimaniose e hanseníase. 

O CONSAÚDE, responsável pelo serviço de saúde em debate, não compareceu à audiência.

Fonte:

Deixe seu comentário