Portal da Cidade Registro

Apoio espiritual

Bispo Diocesano leva fé e esperança ao Hospital São José em Registro

Visita marca as comemorações de São José, padroeiro dos trabalhadores e da Família. Dom Manoel abençoou o hospital e das "mãos de Deus" que curam

Postado em 24/04/2021 às 10:28 |

Bispo ao lado do presidente da UNIMED durante a visita (Foto: Osmar Jr)

Bispo ao lado do presidente da UNIMED durante a visita (Foto: Osmar Jr)

Como uma forma de homenagear São José, o bispo Diocesano de Registro, Dom Manoel Ferreira dos Santos Júnior, esteve no Hospital que leva o nome do Pai de Cristo, em Registro, no dia 22 de março. O objetivo da visita foi abençoar o Hospital São José, o Bispo foi acompanhado pelo presidente da UNIMED Registro, o médico José Luiz Martins André e da administradora, Maria Luiza Alvarenga.

Com os devidos protocolos de saúde, o Bispo fez questão de percorrer todos os corredores da unidade com a imagem do padroeiro do hospital e rezar com os colaboradores “Foi um momento de manifestação de fé e esperança de que vamos vencer este momento tão difícil que estamos vivendo. A Igreja deve estar junto com o povo que luta por um mundo novo”, disse o Bispo aos profissionais de saúde, que como disse são as “mãos de Deus” que curam e restauram a vida das pessoas”.

Como uma das organizadoras da visita, a nutricionista, Nicole Zanella falou da importância do momento religioso: "A visita do Dom nos traz esperança, coragem, paz e o próprio amor de Deus. A presença dele nos faz lembrar de que não estamos só nessa difícil caminhada, que Deus está cuidando de tudo e o quanto precisamos confiar que tudo isso vai passar. Sua benção mais uma vez nos confortou e renovou a nossa fé."

Mais vacinas - Antes da visita, em entrevista ao Portal da Cidade Registro, Dom Manoel falou da importância da imunização no País como forma de garantir saúde e equilibrar a Economia . Falou da importância de se garantir políticas de saúde, deixando de lado o negacionismo existente em parte da sociedade. “A briga política é maior do que a questão sanitária e a polarização entre saúde e economia não deve acontecer”, analisa o religioso.


Fonte:

Receba as notícias de Registro no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário