Portal da Cidade Registro

Pediu pra sair

“...Vamos pôr nas mãos de Deus…”, disse em vídeo prefeito ao renunciar

Prefeito Vadico, de Eldorado, fez balanço de sua gestão, apontou ganhos e também fez autocríticas dos seus três anos e meio de Administração

Postado em 29/06/2020 às 21:06 |

O prefeito de Eldorado (PR-SP), Durval Adélio de Moraes (Vadico) continuou alegando motivos pessoais ao falar, no final da tarde desta segunda-feira (29) em pronunciamento sobre sua renúncia (veja matéria sobre o assunto aqui). No vídeo fez um pequeno balanço dos três anos e meio de Administração, falou do combate à Pandemia por Coronavírus, no Município e disse que o trabalho deve continuar por meio de um comitê que tem a participação do vice-prefeito, Dinoel Pedroso Rocha (PR-SP), que assume a Prefeitura a partir de quarta-feira (1).  

Vadico lamentou a morosidade no andamento na execução de pedidos junto ao Governo do Estadual, Federal. “Foi feito um plano de Governo dentro do que era possível…”. Citou vitórias com a regulamentação da Lei do Voluntariado e o pagamento em dia de dívidas públicas. “Mantivemos o nome limpo da Prefeitura garantindo recursos (...) pontuamos obra a obra, recurso a recurso”, analisa o que não acontecia anteriormente como afirma o ex-chefe do Executivo.


Falou também sobre a assinatura de convênio para a construção de casas populares junto ao CDHU e a chegada de um caminhão tipo escavadeira e obras realizadas nos quilombos da Cidade como obras que devem ser reflexos da sua administração nos próximos anos. Vadico também destacou a transparência como símbolo de sua gestão. “....Não fizemos nada fora da lei….”, garante.


O prefeito disse ainda, que sua saída significará também uma economia aos cofres públicos municipais já que o vice assumindo, o cargo não existirá mais.. Aproveitou a oportunidade para se desculpar por não ter cumprido visitas aos bairros como havia prometido no início da gestão”.


Fez agradecimentos aos funcionários públicos, aos cargos em confiança. Aos professores diz que a categoria é vítima de uma política antiga que achatou salários, mas não deixou de pagar em dia salários, porém não reajustou salários. Entre os apoios também citou seu irmão e se emocionou: “Maneco me ajudou ai fora para que eu ficasse aqui dentro”, se referiu o prefeito que acabou o pronunciamento citando o seguinte versículo da Bíblia: “...Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé”.


Assista o vídeo na íntegra:

.  


Fonte:

Deixe seu comentário